segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

O HONRADO PEDRO HONORATO, ESPECIALISTA EM DOENÇAS ENDÊMICAS; nos alerta no artigo abaixo, contra o VIRUS...que aflige a nossa terra natal há décadas. A TURMA DO DEPUTADO FISIOLÓGICO dono da rádio laranja; ESTÁ TODA INFESTADA...portanto, não digam que não foram avisados.

Ficha suja: 700 políticos baianos podem se tornar inelegíveis
         
Segunda, 27 Fevereiro 2012 08:53

A Bahia é o segundo Estado em número de gestores públicos com contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU) desde o ano de 2002: são 700 baianos atrás somente do Maranhão, com 728. Eles estão numa lista de 4.922 gestores com 7.854 contas julgadas irregulares, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que agora terá de se debruçar sobre esta lista para definir quem é que terá que ficar fora do pleito deste ano – já que nem todos os gestores da relação do TCU tiveram as contas rejeitadas “por irregularidade insanável que configure ato doloso de improbidade administrativa”, como manda a recém-promulgada Lei 135/2010, batizada de Lei da Ficha Limpa.

Segundo o TCU, há contas rejeitadas por razões meramente formais, como ausência de documentos ou erros em sua apresentação, o que por si só não configura má-fé. Dois deputados federais baianos estão na relação. Fernando de Fabinho (DEM), ex-prefeito de Santa Bárbara, a 141 km de Salvador, e Geraldo Simões (PT), ex-prefeito de Itabuna, a 433 km de Salvador. O suplente Joseph Bandeira (PT), ex-prefeito de Juazeiro, a 500 km da capital, também está na lista.

O caso que envolve Fernando de Fabinho é um convênio firmado com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) em 2005. Segundo o TCU, cerca de R$ 140 mil repassados à prefeitura pelo governo federal e pagos à empreiteira contratada para uma obra de saneamento na cidade teriam deixado de ser aplicados. O fato já virou uma ação penal impetrada pelo Ministério Público junto ao Supremo Tribunal Federal (STF).
Dentre os mais encontram-se os ex-prefeitos de Morro do Chapéu, Aliomar da Rocha Soares e Edigar Dourado Lima, o ex-prefeito de Irecê, Adalberto Lélis (Beto Lélis), o ex-prefeito de Jussara, Walter Mendes Lopes, ex-prefeito de Central, Dr. Genário, ex-prefeito de Cafarnaum, 'Bilau', mais alguns vereadores e ex-vereadores que farão parte da imensa lista. (colaboração: Pedro Honorato)

Nenhum comentário: