terça-feira, 16 de julho de 2013

GILMAR MENDES: O HOMEM QUE TRANSFORMOU O BRASIL NUMA REPÚBLICA BANANEIRA. É VERGONHOSO PARA O PAÍS QUE TEM A INFELICIDADE DE TER UM CIDADÃO DESSE QUILATE NA SUA MAGNA CORTE

O baile dos reis dos busões, presidente do DEM e Gilmar Mendes

Um casamento com festança de luxo, dos milionários donos de empresas de ônibus, em plena temporada de protestos pela má qualidade do serviço, só podia dar m... e deu.

O casório foi da neta de Jacob Barata, o rei dos ônibus no Rio de Janeiro, com o filho de Chiquinho Feitosa, barão dos ônibus em Fortaleza, ex-deputado federal e presidente do DEM do Ceará.


Gilmar Mendes, o ministro do STF foi padrinho de casamento. Ele é cunhado de Chiquinho Feitosa.

Foi na Igreja de Nossa Senhora do Carmo, no Rio de Janeiro, antiga capela real, onde se casaram D. Pedro I e D. Pedro II.

Sem ser convidado, o povo apareceu, mas os seguranças não deixaram entrar. Protestaram na porta. Quase uma centena de manifestantes fizeram um protesto bem humorado, com cartazes zoando. Acabada a cerimônia, os convidados foram em seus carrões de luxo para a festa nos salões do Copacabana Palace, o hotel mais luxuoso do Rio.

Os manifestantes não convidados pegaram um busão do Barata, na Praça XI, onde fica a igreja e rumaram para a festa em Copacabana. Ali a manifestação cresceu ganhando a adesão de mais gente nos momentos de pico. Tudo corria na paz do bom humor.

O jovem Daniel Barata, 18 anos, sobrinho de Jacob, ficou incomodado e resolver responder da pior forma possível. Apareceu em janela do salão e começou a jogar aviãozinhos feitos com notas de R$ 20,00.


O deboche só tende a aumentar o descontentamento dos usuários dos ônibus. Afinal se está sobrando dinheiro para jogar fora, o prefeito Eduardo Paes (PMDB) tem que cortar os lucros extravagantes.

Em certa hora da madrugada, um cinzeiro de vidro voou de dentro do salão e atingiu a testa de um manifestante, o estudante Ruan Martins Nascimento, causando um grande corte que precisou levar seis pontos.

A manifestação acabou com a chegada da tropa de choque que dispersou os manifestantes, após alguns convidados que saíam da festa alterados se irritarem com manifestantes.

Suspeito

Daniel Barata é o principal suspeito de atirar o cinzeiro em Ruan Martins segundo o delegado José William de Medeiros, titular da 12ª DP (Copacabana):

Nenhum comentário: