sexta-feira, 25 de novembro de 2016

O SINDICATO DE LADRÕES QUE USURPOU O VOTO DE MAIS DE 54 MILHÕES DE BRASILEIROS ESTÁ NA CORDA BAMBA: CORTESIA DO ESPIGÃO 'LA VUE'. COMO EM 2 DE JULHO DE 1823; MAIS UMA VEZ A NOSSA VELHA BAHIA SERÁ A PROTAGONISTA PRINCIPAL NA RECONQUISTA DA DEMOCRACIA...QUE FOI GOLPEADA POR ESSES BANDIDOS. FORA DITADOR FAJUTO TEMER...CADEIA JÁ PARA TODOS OS POLÍTICOS CORRUPTOS DO BRASIL!

DOIS POLÍTICOS PICARETAS QUE AINDA SERÃO ALCANÇADOS PELO LONGO BRAÇO DA LEI. É como diz o nosso admirado e respeitado conterrâneo LEANDRO FORTES abaixo: ''com esse COVIL no Poder; o Brasil virou um país de merda''. Olhe bem para as caras desses dois pilantras abaixo e me diga se o cronista não tem razão.
Colunista

Covil LULA MARQUES

Leandro Fortes
Tiraram uma presidenta eleita para instalar essa pocilga. Em nome de quê? De nada. E chegamos a isso: um Congresso venal, um Judiciário lamentável e um governo de corvos e abutres. Viramos, depois de um sonho de nação ascendente, um País de merda

Janot estuda incluir Temer em inquérito contra Geddel

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, avalia a inclusão de Michel Temer e do ministro Eliseu Padinha no pedido de abertura de inquérito no STF (Supremo Tribunal Federal) para investigar ministro Geddel Vieira Lima (Secretaria de Governo); o inquérito permitirá a realização de diligências, a quebra de sigilos, entre outras coisas que aprofundem a busca por informações; integrantes da Procuradoria destacam, reservadamente, dois crimes que podem ser alvo de investigação contra o trio Geddel, Temer e Padilha; um deles é a advocacia administrativa, ato de "patrocinar, direta ou indiretamente, interesse privado perante a administração pública, valendo-se da qualidade de funcionário"

Temer fracassou na ética e na economia. A melhor saída é a renúncia

REUTERS/Ueslei Marcelino
Sob Temer, a economia brasileira demite quase 100 mil trabalhadores por mês e não há nenhum indício de que ele e sua equipe serão capazes de tirar o País do abismo atual; se isso não bastasse, no campo ético, o Brasil é uma vergonha aos olhos do mundo e de sua própria população, uma vez que seu braço forte, Geddel Vieira Lima, comprovadamente usa o cargo em proveito próprio e seus aliados se movimentam para anistiar políticos corruptos; se isso não bastasse, Temer acaba de ser acusado de pressionar um ex-ministro, Marcelo Calero, a praticar um ato de corrupção e deve também ser envolvido na delação da Odebrecht, uma vez que pediu R$ 11 milhões à empreiteira em pleno Jaburu; ou seja: como ele dificilmente chegará a 2018, a melhor saída é renunciar, dando ao Brasil a chance de restabelecer sua democracia

Apavorado, Temer fez reunião de emergência

REUTERS/Ueslei Marcelino: <p>Presidente Michel Temer durante cerimônia no Palácio do Planalto, em Brasília 22/09/2016 REUTERS/Ueslei Marcelino</p>
Em pânico com as reações ao depoimento de Marcelo Calero à Polícia Federal —em que o ex-ministro revela que Michel Temer também o pressionou na disputa com Geddel— o Planalto realizou uma reunião de emergência ontem à noite para tentar conter os estragos; a situação deve se agravar ainda mais agora que se sabe que Calero gravou diálogos com Temer, Padilha e Geddel; governo avalia que a crise, antes restrita à questão do espigão em Salvador, já se tornou generalizada e ameaça o presidente; partidos de oposição já se articulam para pedir a abertura de um processo de impeachment e jornalistas também já deixam aberta essa possibilidade; parte da mídia que apoiou Temer na remoção de Dilma Rousseff do cargo começa a virar as costas para o peemedebista

Anistia Internacional condena anistia a políticos corruptos no Brasil

Marcelo Camargo/Ag�ncia Brasil: <p>Bras�lia, DF, Brasil: O Presidente interino, Michel Temer, recebe, em seu gabinete, os presidentes do Senado, Renan Calheiros, o presidente da C�mara, Rodrigo Maia, e o l�der do governo na C�mara, Andr� Moura. (Foto: Marcelo Camargo/Ag�ncia Brasil)</p>
Em nota, a Anistia Internacional condenou a manobra liderada por Rodrigo Maia e Michel Temer para anistiar os mais de 200 políticos que serão atingidos pela delação da Odebrecht; "As pessoas ficam indignadas quando veem que os corruptos não são instados a prestar contas. O fato de que está sendo feito sob o disfarce de uma forte legislação anticorrupção é absurdo. Exortamos o Congresso a aprovar a legislação anticorrupção sem anistia e condenar o subterfúgio. Não é nenhuma surpresa que os cidadãos não confiem em seus políticos", disse José Ugaz, presidente da Transparência Internacional

Mario Magalhães: Globo tem obrigação de pedir a cabeça de Temer

:
"Se não há dois pesos e duas medidas, quem pediu a cabeça de Geddel pedirá também a de Temer. O resto é hipocrisia e malabarismo retórico", diz o jornalista Mário Magalhães; recado para a Globo, que ontem pediu a cabeça de Geddel, mas até agora não pediu a de "Michel"

Nenhum comentário: