quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

IMPERADOR EDGÁBALO I - FUNDADOR DA PRIMEIRA DINASTIA GAY DO SERTÃO NORDESTINO E CLONE DO CORRUPTO E DEGENERADO IMPERADOR ROMANO ELAGÁBALO\HELIOGÁBALO - CONTRATA OS ''SERVIÇOS' SUJOS DO MERCENÁRIO LAURO 'ADOLF HITLER CABOCLO' SILVA DOURADO: PARA BATER ''SEM PENA E SEM DÓ'' NO POLÊMICO DEPUTADO JOSÉ CARLOS ARAÚJO E EM SUA FILHA JULIANA, A REBELDE VICE-PREFEITA DE MORRO DO CHAPÉU. Gente, nós vamos começar a vender números ganhadores de loterias...porque todas as nossas previsões relacionadas à política suja daqui da terrinha; se concretizaram. Vcs se lembram (nas primeiras tentativas dessa união) o nome que nós demos à essa ALIANÇA POLÍTICA Caramujo-Dourado? nós a apelidamos de ALIANÇA DE MALANDROS, cujo destino seria a ANTROPOFAGIA...levando-se em consideração a folha corrida de TRAIÇÕES que ambos chefes dos dois clãs mafiosos acumulam. O Deputado Zé Caramujo é raposa velha, mas nessa guerra com o IMPERADOR EDGÁBALO I sairá perdedor, porque é ABOMINADO POR TODAS AS CORRENTES POLÍTICAS LOCAIS, sem falar que quem detém o PODER DE FACTO; é o todo poderoso tio do Prefeito-Laranja\Decorativo Léo. Os mais velhos nos alertam que o IMPERADOR EDGÁBALO I não é flor que se cheire. O Deputado Zé Caramujo VAI PAGAR CARÍSSIMO por todas as maldades e baixarias homofóbicas que disse em sua rádio (na voz do seu alter ego LÍNGUA DE TRAPO) contra o primeiro. Quanto ao TRABALHO SUJO DO VELHO FASCISTA Mercenário\Pena de Aluguel Lauro 'Adolf Hitler Caboclo' Silva Dourado; dizer o que dessa pobre criatura que sobrevive exclusivamente de FALAR MAL DO PT E DO PRESIDENTE LULA E, DE BABAR OVO À SOLDO DE POLÍTICOS EM DESCRÉDITO. A especialidade desse velho fascista homofóbico autointitulado "historiador'' (vejam vcs!) é denegrir e caluniar os adversários políticos dos seus patrões\cafetões ''du jour''. Aqui em Morro do Chapéu ( como bem escreveu recentemente o Radialista Glauber Gomes), um dia ele XINGAVA O EX-PREFEITO CLEOVÁ BARRETO de tudo quanto era nome...quando Cleová se rendeu às suas chantagens e passou a REMUNERÁ-LO para tê-lo do seu lado: num passe de mágica; os xingamentos viraram ELOGIOS ACALORADOS. CLEOVÁ que de bobo não tem nada; lhe deu UM PÉ NA BUNDA E O MANDOU BABAR OVO EM OUTRA FREGUESIA. Mau caráter, ele (Lauro) já vem usando esse método de extorsão de políticos corruptos aqui no sertão baiano, já há algum tempo. Não é à toa que o mesmo já foi declarado 'PERSONA NON GRATA' em várias cidades daqui da região...em IBITITÁ, se lá ele aparecer: ELE LEVA UMA SOVA DAS BOAS. Resumindo, esse sujeito está tão desmoralizado que já virou piada nas redes sociais. Outro dia um benquisto jovem Morrense COLOCOU A SUA VIRILIDADE EM XEQUE, perguntando o seguinte: ''Lauro Adolfo, é verdade que vc é BROCHA, como se comenta no Mercadão de Irecê''. Vcs devem imaginar a resposta que o curioso jovem recebeu: ''SEU VIADINHO, EU VOU TE BLOQUEAR DO MEU FACE'', foi a reação mais amena. A pergunta que todos nós nos fazemos é: ERA NECESSÁRIO ESSA AGRESSÃO HOMOFÓBICA CONTRA O POBRE RAPAZ?...o mesmo estava apenas repetindo o que toda a cidade comenta. Pois é gente, no quesito baixaria; os Dourados e os Araújos são mestres. Agora só nos resta saber quem sairá vencedor dessa GUERRA SUJA...com a entrada do Velho LAURO en cena, O BICHO VAI PEGAR. Eu só quero ver se os CARAMUJOS vão se acovardar e deixar esse PITBULL GERIÁTRICO escrever todas essas M..as e sair impune, sem nenhuma resposta à altura.

O PROJETO DE PODER DE JOSÉ CARLOS ARAÚJO EM MORRO DO CHAPÉU 


O deputado José Carlos Araújo há muitos anos que vem atuando na política de Morro do Chapéu, ora por um grupo, ora por outro. Diante da boa performance política, resolveu eleger Morro do Chapéu como sua base operacional para toda a região.
Como primeira estratégia, conseguiu a concessão de uma emissora de rádio FM, através da qual, usa como instrumento de pressão política, elogiando aliados e atacando adversários, enfim, faz política conforme as conveniências do momento.
Assim que instalou sua emissora de rádio, já exercia o mandato de deputado federal e tinha como aliado, o grupo do prefeito à época. Esse grupo tinha juntado as maiores lideranças do município, deixando o grupo dos Dourados, isolados. E assim, esse grupo elegeu o prefeito que fez o sucessor, e esse por sua vez, foi reeleito. Foram doze anos de poder incontestável. Isso possibilitou ao deputado José Carlos Araújo implementar a sua primeira parte da estratégia política, a qual seria a de lançar sua filha Juliana Araújo na política; primeiramente numa chapa a prefeito depois a deputada estadual. E para isso, tomou as rédeas da prefeitura, submetendo o prefeito ao seu comando. Tornou-se o comandante de fato da política em Morro do Chapéu. E vieram obras, muitas obras; o prefeito só era chamado para assinar os contratos. Na sua emissora de rádio, o deputado atuava, dia sim, dia não, sempre na qualidade de “repórter”. Tal estratégia lhe rendeu mais de seis mil votos na última eleição legislativa. O prefeito tornou-se uma figura decorativa, só sendo chamado para fazer comícios e inaugurações. E isso levou o grupo ladeira abaixo. De tal sorte, que na última eleição o prefeito venceu com apenas 20 votos de diferença. O grupo dos Dourados que nunca esteve morto, vinha crescendo na política e ameaçava tomar o poder. A vitória do prefeito foi contestada chegando até a ser afastado da política assumindo Leo Dourado. Mas o deputado que conhecia o caminho das pedras no judiciário baiano conseguiu manter o prefeito no poder.
Essa vitória de Pirro acirrou ainda mais os ânimos, fazendo com que o grupo dos Dourados começasse a crescer cada vez mais na política. A percepção da política indicava roubo nas urnas. Houve lugarejos onde não houve um fiscal oposicionista sequer, deixando o grupo adversário livre para botar o voto na urna do jeito que quisesse. A partir daí, a tomada do poder era inevitável, todos sabiam. E para piorar as coisas, o deputado queria impor a candidatura de sua filha na chapa a prefeito. A proposta era a filha assumir o mandato de prefeita nos dois primeiros anos, depois se lançar candidata a deputada e sendo eleita, passar o comando da prefeitura ao vice. Diante dos números adversos na política, ameaçando a hegemonia do grupo, Juliana era a salvação da lavoura. Mas havia uma pedra no meio do caminho e ela tinha o nome de João Humberto Batista, presidente vitalício da Câmara de Vereadores, que não aceitou a proposta. E sendo um político agressivo e que não alivia nas ofensas dirigidas aos adversários, entrou em rota de colisão aos interesses do deputado José Carlos Araújo. E de quebra João Humberto tinha o apoio da bancada de vereadores. O prefeito ficou isolado. O rompimento foi inevitável e o deputado foi se aliar ao grupo dos Dourados, aceitando, contudo, a composição da chapa com Leo Dourado a prefeito e sua filha a vice. O deputado passou a atacar a administração do prefeito (que até outro dia elogiava) e principalmente, elegeu os vereadores como alvo prioritário. O grupo começou a se esfacelar e a vitória, como era prevista, foi acachapante: mais de dois mil votos de frente.
Lauro Adolfo Silva Dourado escreve: 
OTTO ALENCAR PREPARA O FILHO PARA CONCORRER A DEPUTADO FEDERAL
O Senador Otto Alencar (PSD), já está preparando a sua “vingança” contra o deputado federal José Carlos Araújo (PR). O Senador já está articulando a candidatura do seu filho homônimo para deputado federal pelo PSD.
Segundo uma fonte, Otto Alencar pretende colocar o seu filho nas bases que ele tinha conseguido na eleição passada para José Carlos Araújo.
Vale lembrar que o apoio de Otto Alencar foi decisivo para a reeleição de José Carlos Araújo, mas os dois romperam em 2016, quando Araújo saiu do PSD e assumiu o comando do PR na Bahia, e nem comunicou ao Senador.
Otto Alencar Filho, é presidente da Desenbahia, é administrador de empresas e graduado em Política e Estratégia.


Nenhum comentário: