terça-feira, 21 de março de 2017

ASSALTO À LIBERDADE DE EXPRESSÃO: A INDIGNAÇÃO É GERAL CONTRA ''IL PICCOLO DITTATORE MOROSSOLINI'', O TIRANETE MEGALÔ DA REPÚBLICA DE CURITIBA. O juiz de primeira instância Sérgio Moro, perdeu o bonde da história; tinha tudo para se transformar no Brasileiro mais admirado e respeitado das últimas décadas...mas sua MEGALOMANIA E VAIDADE INCONTROLÁVEIS; SUBIRAM-LHE À CABEÇA E LHE DESTRUIU. Eu mesmo, fui um grande admirador da Operação Lava Jato e do Juiz Sérgio Moro; até me dar conta de que tudo não passava de um EMBUSTE\JOGO POLÍTICO SUJO para varrer o PARTIDO DOS TRABALHADORES DA CENA POLÍTICA BRASILEIRA e, principalmente, apagar da memória de milhões de Brasileiros; A ADMRAÇÃO, RESPEITO E GRATIDÃO AO ETERNO Presidente LULA. Parece ironia... esse ditadoreco/ juizeco caipira de primeira instância e sua GESTAPO deviam agradecer ao PT pela autonomia que hoje gozam, coisa que não ocorria nos governos anteriores. Quero com isso dizer que a Operação Lava Jato deve ser anulada porque todos que foram presos e\ou citados são ANJINHOS INOCENTES; CLARO QUE NÃO!... APESAR DE TODOS OS ABUSOS E ILEGALIDADES (como esse sequestro do blogueiro EDUARDO GUIMARÃES) eu quero que a mesma prossiga, LIMPANDO TODA ESSA PODRIDÃO, CUJO ALCANCE CHEGA ATÉ AQUI EM MORRO DO CHAPÉU... COM A GESTÃO DOS NEPOTISTAS DA 'PRIMEIRA E ÚNICA DINASTIA GAY DO SERTÃO NORDESTINO'. ...MAS TUDO ISSO TEM QUE SER FEITO RESPEITANDO A DEMOCRACIA E O ESTADO DE DIREITO. O sequestro do Presidente LULA e, agora, o do popular, admirado e respeitado blogueiro Eduardo Guimarães; É UM TAPA NA CARA DO ESTADO DE DIREITO...e esse É SÓ MAIS UM ABUSO\ILEGALIDADE ( entre as incontáveis ilegalidades) que o juiz Sérgio Moro já cometeu. Espero que quando esse pesadelo terminar; todos (inclusive esse juizeco arrogante) sejam punidos à altura, pelos crimes e abusos que cometeram. O BRILHANTE BLOGUEIRO Eduardo Guimarães pode contar com a total SOLIDARIEDADE dos editores e colaboradores do BLOG MORRO NOTÍCIAS SEM CENSURA. Golpistas, Fascistas NÃO PASSARÃO!!!

247 - A presidente eleita Dilma Rousseff, deposta pelo golpe parlamentar de 2016, se manifestou sobre a condução coercitiva do advogado e blogueiro Eduardo Guimarães pela Polícia Federal nesta terça-feira, 21.
Em sua página no Facebook, Dilma disse que recebeu a notícia com apreensão e classificou como "grave" a ação da PF. "A ele foi pedido que revelasse suas fontes. O episódio é grave. Ameaça a liberdade de imprensa e de expressão, garantidas pela Constituição", disse Dilma. "Sou solidária a Eduardo porque sei como é duro ter de se explicar por pensar e escrever", completou a presidente deposta.
A ação contra Eduardo Guimarães foi determinada pelo juiz federal Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba. Ele queria obrigar Guimarães a revelar, em depoimento à Polícia Federal, quem passa informações ao seu Blog da Cidadania. Moro também determinou "a apreensão de quaisquer documentos, mídias, HDs, laptops, pen drives, arquivos eletrônicos de qualquer espécie, arquivos eletrônicos pertencentes aos sistemas e endereços eletrônicos utilizados pelos investigados [sic], agendas manuscritas ou eletrônicas, aparelhos celulares, bem como outras provas encontradas relacionadas aos crimes de violação de sigilo funcional e obstrução à investigação policial".
O magistrado quer saber quem contou para Guimarães que o Instituto Lula seria alvo de busca e apreensão e que o ex-presidente Lula seria alvo de condução coercitiva. A ação do juiz da Lava Jato está sendo encarada por vários jornalistas, juristas e políticos como uma clara ação de autoritarismo, vista com frequência quando o Brasil viveu regimes de exceção.
Para a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), a medida ataca a liberdade de imprensa, garantida pela Constituição, e abre um "terrível precedente" no País (leia mais)

Damous: Condução coercitiva do Eduardo Guimarães foi mais um ato ...

www.viomundo.com.br/.../damous-conducao-coercitiva-do-eduard...
3 hours ago - Damous: Condução coercitiva do Eduardo Guimarães foi mais um ato fora da lei do juiz Sérgio Moro; veja vídeo. 21 de março de 2017 às ...
IMPERDÍVEL! O GRANDE DEPUTADO E JURISTA WADIH DAMOUS DESMASCARA O JUIZECO CAIPIRA; O CHAMA DE ''JUIZ IGNORANTE QUE NÃO CONHECE A CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA...JUIZ-FORA-DA-LEI"...VEJAM VÍDEO ABAIXO>

Damous: Condução coercitiva do Eduardo Guimarães foi mais um ato fora da lei do juiz Sérgio Moro; veja vídeo

Até quando o Supremo ficará de braços cruzados? 

Eduardo Guimarães: Não existe razão lógica para essa condução coercitiva

Liberado após ser levado forçadamente a depor na sede da Polícia Federal em São Paulo nesta manhã, o blogueiro Eduardo Guimarães contesta as razões do mandado de condução coercitiva e principalmente a apreensão de seu material de trabalho: o computador, seu celular e o de sua esposa; "Meus advogados não entendem a razão da condução coercitiva porque eu não me recusei a vir aqui depor. Não existe uma razão lógica para me trazer obrigado até aqui", afirmou; "Eu sou agora um blogueiro sem equipamento nenhum. Eu acredito que a apreensão do meu equipamento de trabalho viola sim a atividade jornalística. Porque eles vão vasculhar", alertou; Guimarães contesta ainda o argumento da Justiça de que ele não tem formação jornalística; "Isso é um equívoco, um desconhecimento da ordem legal do País", afirmou, lembrando que há 12 anos tem um site jornalístico

Nassif: decisão de Moro contra Guimarães é revanche



:
Jornalista avalia que a condução coercitiva autorizada pelo juiz Sergio Moro contra o jornalista Eduardo Guimarães "foi um ato de vingança pessoal, que atropela normas fundamentais de direitos civis"; ele afirma ainda que Moro agiu "de forma triplamente ilegal" ao "decretar a condução coercitiva de quem não se negou a depor; obrigar uma pessoa a abrir mão de seu sigilo de fonte e agir contra uma pessoa com quem mantém uma disputa jurídica"

Conjur: Moro colocou em risco garantias constitucionais



:
O Consultor Jurídico, o maior portal jurídico do Brasil, reforça as críticas à decisão do juiz Sérgio Moro, de querer arrancar à força do blogueiro Eduardo Guimarães quem lhe informou que o ex-presidente Lula seria alvo de condução coercitiva; "Como o Judiciário não pode obrigar jornalistas a revelar suas fontes, o juiz Sergio Moro, titular da 13ª Vara Federal de Curitiba, determinou a condução coercitiva do blogueiro Eduardo Guimarães para que ele diga, em depoimento à Polícia Federal, quem passa informações ao seu blog", disse Pedro Canário, editor do Conjur; ele lembra que o sigilo da fonte é "prerrogativa constitucional qualificada como garantia institucional da própria liberdade de expressão", segundo disse o ministro Celso de Mello

Fenaj: PF ataca liberdade de imprensa e abre terrível precedente



:
Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) e o Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP) foram duros ao criticar a Polícia Federal pela condução coercitiva do blogueiro Eduardo Guimarães; "A Polícia Federal ataca a liberdade de imprensa e de expressão do blogueiro – a mesma PF que tem vazado informações seletivamente de acordo com os próprios interesses, sem levar em consideração os interesses da sociedade", dizem as entidades em nota; "O SJSP e a Fenaj expressam seu veemente repúdio à arbitrariedade da Polícia Federal, pois a condução coercitiva do blogueiro também representa um terrível precedente, que coloca em risco um dos mais importantes princípios do jornalismo – garantir o direito da população à informação"

Nenhum comentário: