quinta-feira, 31 de agosto de 2017

UMA LUZ NO FUNDO DO TÚNEL QUE VEM DO NOSSO SOFRIDO NORDESTE

Nordeste manda recado: só aceita Lula como presidente do Brasil

Fotos Ricardo Stuckert "Dada a realidade irreversível da Caravana, enquanto a mídia continua brigando com a realidade e vivendo da ficção do filme de propaganda da Lava Jato, o nordeste manda um recado politico para todo o Brasil: pela manifestação apaixonada da esmagadora maioria do seu povo, não aceita outro presidente do Brasil que não seja o Lula", diz o sociólogo Emir Sader,  colunista do 247, sobre as andanças do ex-presidente Lula pelo Nordeste; "Como se comportará o país diante disso? Como reagirá o sistema politico? E a mídia conservadora? Como se poderia governar o Brasil contra o nordeste, uma região em que 8 dos 9 governadores estão com o Lula, em que a maioria esmagadora da população está com o Lula?", questiona 

DCM: Moro foi gravado em conversa com amigo advogado

LULA MARQUES: <p>30/03/2017- Brasília- DF, BRasil- Juiz Sergio Moro durante depoimento na comissão de reforma do Código de Processo Penal Foto: Lula Marques / AGPT</p>
Em 2004, o juiz Sérgio Moro foi gravado de forma clandestina em conversa com o advogado Carlos Zucolotto, seu amigo pessoal; na época, a Justiça impediu a divulgação dos áudios da conversa, princípio que Moro desrespeitou 11 anos depois, ao divulgar conversas privadas da ex-primeira dama Marísa Letícia e diálogos entre o ex-presidente Lula e a presidente deposta Dilma Rousseff; reportagem do Diário do Centro do Mundo

Advogado de Lula na ONU critica Moro: “Ama publicidade”

:
O advogado australiano Geoffrey Robertson, que representa o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no comitê de direitos humanos da ONU, está no Brasil e criticou o juiz Sergio Moro; Robertson ironizou a presença de Moro no evento de lançamento do filme “Polícia Federal - A Lei é Para Todos”, sobre a operação, na última segunda-feira em Curitiba, e afirmou que Moro "ama a publicidade" e, por isso, não pode julgar Lula com imparcialidade

Eric Nepomuceno: com Temer, Brasil entra na espiral do horror sem fim

Reprodução | Agência Brasil :
Escritor Eric Nepomuceno, no Blog Nocaute, fez uma análise do desempenho eleitoral de Michel Temer (PMDB) antes de ser vice da presidente legítima Dilma Rousseff (PT); "A última eleição que ele disputou foi em 2006 e se elegeu pelo PMDB deputado federal por São Paulo. Ele teve 99.046 votos. Dos 70 deputados que São Paulo elegeu, ele foi o número 52. Quer dizer, ele só conseguiu suplantar 18 outros candidatos. E do PMDB, ele foi o antepenúltimo. Quer dizer, entrou por um raspão. Michel Temer, 99.046 votos", diz Nepomuceno
Colunista

A lei não é para todos. Moro não quer ouvir delator da Odebrecht

Miguel do Rosário
Os advogados de defesa do ex-presidente Lula solicitaram ao juiz Sergio Moro que ouvisse o ex-advogado da Odebrecht, Rodrigo Tacla Durán, que delatou o advogado Zucolotto, o melhor amigo de Moro. Tacla acusou Zucolotto de oferecer redução de multa em troca de dinheiro. Sergio Moro, ao contrário de sua postura em relação a todos os outros delatores, aos quais sempre deu ouvidos, se recusou a ouvir Durán

Um ano de golpe, um ano de canalhices

ColunistaEsmael Morais
"Canalhas! Canalhas! Canalhas!", bradava há um ano Roberto Requião (PMDB-PR) em antológico discurso na tribuna do Senado. Ele se insurgia contra a cassação de Dilma Rousseff (PT) e o ataque à democracia. "A Constituição Federal está sendo rasgada e estamos diante de um golpe de Estado", denunciara o peemedebista
 

Nenhum comentário: