Rasputin e a queda do czarismo na Rússia

Um mistério por resolver: Grigori Rasputin
A figura estrambólica de Rasputin, excessivo e temido, evoca, como nenhuma outra, a decadência e a queda dos czares da Rússia. Czar Nicolau e a sua esposa viram nele um salvador, mas os escândalos e excessos do temível Raputin não fizeram mais do que precipitar a queda do czarismo.
czar, esoterismo, misticismo, nicolau, rasputin, revolucao, russia
Oriundo dos confins da gélida Sibéria, aos 28 anos descobriu que o «abuso é o gozo da alma», quando lhe foi oferecida uma tareia por ter roubado meia dúzia de cavalos. Este foi um ponto de inflexão que mudou por completo o seu modo de estar na vida e direccionou a sua atenção para Cristo, convertendo-o numa pessoa nova, num homem de Deus. Chegou ao Palácio Real num momento em que os czares se encontravam profundamente fragilizados com a doença do seu filho e com as iminências de uma revolução à porta. Não demorou muito tempo para que aquele homem esperto e perspicaz tirasse partido dessa mesma debilidade, que soube tão bem conciliar com o seu aspecto sinistro e com as suas práticas e deambulações envoltas em misticismo.Na manhã de 19 de Dezembro de 1916, um corpo aparece entre os blocos de gelo do Rio Neva, em São Petersburgo. O cadáver pertencia a Rasputin, aquele que muitos consideravam ser um servo do Anti-Cristo, conhecido e temido em todos os quadrantes da Rússia. A notícia correu em minutos, para a aristocracia, para a burguesia, para o clero, para o exército, para os deputados da Duma: a morte do diabólico favorito dos czares era motivo de alívio. Já no Palácio de Inverno, a notícia foi recebida como tragédia, especialmente por Alexandra Fiodorovna, mulher do czar Nicolau II que governava a Rússia há já 22 anos. Alexandra acaba de perder o seu fiel conselheiro, em quem confiou cegamente para guiar a sua vida, a do Czar e a de toda a Rússia. Mas o pior é que a morte de Rasputin traz a ameaça duma previsão sinistra feita pelo próprio Raputin a Alexandra: «com a minha vida perecerá a dinastia».
czar, esoterismo, misticismo, nicolau, rasputin, revolucao, russia

Tsarina Alexandra e Rasputin acima....e abaixo, vemos a foto macabra da suposta "cobra gigantesca do homi"....que um médico maluco de São Petersburgo a mantém em conserva no seu museu de bizarrices. 

Alexandra Fiodorovna e Grigori Rasputin (Wikicommons).
O destino encarregou-se de que a profecia de Rasputin se tornasse realidade.Dois meses depois, Nicolau II perdia o poder. Como disse Leon Trotsky em 1930, «em Rasputin, a monarquia, condenada e agonizante, encontrou um Cristo feito à sua imagem e semelhança». Naquele contexto histórico revolucionário e tendo em conta que muita documentação foi destruída, não é estranho que esta personagem sombria surja com um rasto enigmático e misterioso.Oriundo dos confins da gélida Sibéria, sabe-se pouco dos primeiros tempos da vida de Grigori. Conhece-se um episódio insólito, descoberto pela Comissão Extraordinária que investigou os últimos anos dos Romanov, sobre como aquele lavrador se transformou num eremita iluminado abraçando uma vida errante. Trata-se do já referido episódio do roubo dos cavalos. Rasputin abandonou a Rússia para deambular, guiado por uma visão que o levou a Deus, até à Grécia, de onde regressou envolto numa aura de misticismo e santidade. Nesta época, Rasputin, anunciando visões e a sua capacidade de profetizar o futuro, fica conhecido como santo. Daí que, quando chega a São Petesburgo em 1903, o seu nome já fosse bem badalado em certos círculos eclesiásticos e na alta sociedade, interessada por todas as formas de esoterismo. Ao fim de algumas aparições nos meandros sociais, o asceta conseguiu deslumbrar religiosos e aristocratas, fascinados e apoquentados com as suas previsões acertadas e com a sua clarividência para detectar males e fraquezas.


Acima vemos o Príncipe Felix Yossupov e sua esposa...a Princesa Irina. Ambos foram amantes de Rasputin. Foi para o palácio do casal, que Rasputin foi atraido para mais uma noitada de muita suruba e TORTA DE CHOCOLATE (sobremesa favorita do monge) envenenada com chumbinho de matar ratos. Como o mesmo deu muito trabalho para morrer; o Príncipe resolveu atirar dezenas de vêzes  no corpo cambaleante que, mesmo asssim não apagou....tendo o mesmo sido carregado pelos serviçais da família para fora do palácio e, imediatamente, jogado nas águas congeladas do Rio Neva. Descrito por si próprio como um DANDY, o Príncipe Youssupov (seu amante e assassino que dizia entrar em transe quando cavalgava na mega e descomunal jiboia do Monge), foi educado em Oxford, na Sorbone e  na Suiça. A sua família era aparentada à família Imperial...na época, a mesma era considerada a família MAIS RICA da Russia Imperial...mais rica até mesmo que a própria Casa Reinante.
 Abaixo vídeo da Banda de DISCO DANCE Boney M
cantando um dos seus maiores sucessos..... da época da juventude dos meus  Pais: "RASPUTIN MÁQUINA RUSSA DE FAZER AMOR".
Acima vemos o TSAROVICH ALEXEI....hemofílico tratado pelos supostos milagres\poderes ocultos do monge.
czar, esoterismo, misticismo, nicolau, rasputin, revolucao, russia
Acima, Tsar Nicolau II e o Grão-Duque Dmitri

Nicolas II da Rússia por Iliya Repin (imagem esquerda) (Wikicommons).Nicolau e Jorge (imagem direita) (Wikicommons)
O Palácio Real, fragilizado pelo ambiente de crise iminente, refugiou-se no oculto, nos ícones religiosos e nas superstições para buscar amparo e reconforto. A isto ajudou o débil carácter do Czar Nicolau II, que vivia angustiado por ter nascido no mesmo dia que Job e obcecado com as histórias de sangue e traições que pairavam sobre os seus antepassados. Suas majestades estavam convencidas de que, com a ajuda de Deus, poderiam enfrentar todos os revezes do destino. Era este o clima quando, em 1905, perante o fracasso da guerra contra o Japão e na sequência de uma revolução popular, o czar se viu obrigado a ceder parte dos poderes ao primeiro parlamento nacional, a Duma. Dentro do palácio o ambiente denegriu quando se descobriu que o herdeiro Alexandre, com pouco mais de um ano de idade, sofria de hemofilia.Nestas circunstâncias, a fé dos czares foi profundamente abalada e estes esperavam uma revelação que, segundo acreditavam, chegaria por um qualquer emissário do povo. Rasputin soube aproveitar esta susceptibilidade que envolvia os czares e preenchia totalmente todas as qualidades do homem santo que os czares procuravam. Entre elas, os poderes curativos do ancião eram uma luz ao fundo do túnel para o herdeiro enfermo. Ajoelhado e proferindo palavras que ninguém percebia o monge conseguia sempre que a criança recuperasse. Esta virtude mantém-se, ainda hoje, um enigma. Poderia ele deter mesmo as hemorragias? Uma das hipóteses levantadas - que, ainda que mal explicada, afasta qualquer misticismo - é o hipnotismo.
czar, esoterismo, misticismo, nicolau, rasputin, revolucao, russia
Acima vemos as Damas do High Society de São Petersburgo....senhoras recatadíssimas que constantemente buscavam os "bons serviços" do Monge-Curador....que, por sua vêz; as curavam com uma boa sessão horizontal.... usando sua mandioca gigantesca  para acalmá-las.

Protegido pela czarina, que o encarava como o tão desejado enviado de Deus, Rasputin aproveitou-se bem desse favoritismo para, rapidamente, chegar ao cargo de conselheiro de Estado. De tal modo se sentia protegido que tornou-se extremamente arrogante e foi abandonando a sua imagem de homem piedoso e asceta. Em 1910, foi até acusado de ter violado uma baby-sitter do herdeiro. O seu papel começou a ser questionado, dentro e fora do palácio, e a sua figura saltou para as luzes críticas da ribalta. Em 1911, Grigori havia conseguido enfrentar todo o mundo: as suas influências tinham interferido com todo o tipo de interesses (burguesia, Igreja, exército, aristocracia) e era acusado de ser a encarnação do diabo. Mas a czarina mantinha-se surda às informações sobre o seu protegido, agora um assíduo cliente de bares e bordéis.A perseguição a Rasputin chegou mesmo às ameaças de morte. Em 1914, estas foram consumadas pelo punho de uma prostituta enviada por Iliodor, um monge anti-semita Russo a que muitos chamavam «Savonarola Russo». Porém, Rasputin sobreviveu.
Depois de a Rússia entrar para a Primeira Grande Guerra, as acusações de nepotismo foram chegando, sobretudo da Duma. E, desta vez, com mais força que nunca. Em 1916, um deputado monárquico, Vladimir Purishkievich, acusou a própria czarina e alertou para o facto de os vários ministros serem verdadeiras marionetas movidas pelas sinistras mãos de Rasputin, o génio perservo da Rússia e do czar. Nesta altura, já a revolução comunista de Fevereiro de 1917 estava ao virar da esquina.A morte desta mítica figura permanece, também ela, um mistério. Depois de frustrada uma tentativa de envenenamento que, estranhamente, não surtiu qualquer efeito, o príncipe Félix Yusupov viu-se obrigado a disparar um tiro que acabou por matá-lo. De seguida, atirou-o, de mãos atadas, para o Rio Neva e parece que o mago fingiu estar morto (!): submergiu,lutando contra as cordas que prendiam as suas mãos. Quando resgataram o corpo, no dia seguinte, os braços estavam soltos e há até quem diga que o asceta tinha sido castrado. É mais uma fábula que rodeia esta mítica figura..."



PRESIDENT MR. COCO JAMBO

Vereadores do BAIXO CLERO nos ENVERGONHAM mais uma vez... ''só pensam naquilo $$$$''. PARABÉNS Professora Sheila, José Ribeiro e Béa Gudinho...Vcs HONRARAM os votos que receberam! Ps. Béa Gudinho precisa repensar a sua vergonhosa aliança com a família Caramujo...e se UNIR às duas MAIORES LIDERANÇAS DO MOMENTO: a popular e competente Professora SHEILA e o RESPEITADO veterano Zé RIBEIRO. Quanto aos outros Vereadores; dizer o que?... são MUITO FRAQUINHOS, a maioria não consegue articular uma frase... nem falar sabe . OS FISIOLOGISTAS PROFISSIONAIS Francisca Neide, Bley e o mais novo dessa turma, o representante do PCdoB Márcio Kléber; PELO AMOR DE DEUS! De onde foi que o PARTIDÃO tirou essa NULIDADE que tanta VERGONHA nos tem causado...esse cara TEM QUE SER EXPULSO DO PARTIDO...é mais um ANDRÉ VALOIS da vida...esses SANGUESSUGAS profissionais ingressam em Partidos PROGRESSISTAS; SÓ PARA MAMAR. Quem avisa AMIGO É...todos vcs se lembram que nós ALERTAMOS O PT sobre o ESPERTALHÃO André Valois. Foi TIRO NA MOSCA. Eu espero e ficaria contente de poder ESTAR EQUIVOCADO com relação à esse rapaz. Que daqui prá frente ele faça a COISA CERTA e siga as diretrizes do Partido.
Image may contain: 9 people, people smiling, text
O ``MORALISMO SEM MORAL OU IMORAL DOS DOTÔ BOLSONARISTAS DIPROMADOS E SEMIANALFABETOS DE MORRO DO CHAPÉU``...
  • Anderson Bynho A Escolinha Campinense tem o que aver com isso??
    Incrível, gente...assim é a ''elite pensante'' BOLSONARISTA.  Inacreditável!!!


  • Ney Barreto Girlan Araújo não misture política com campinense pois aqui não temos lado político não temos nada haver com a política local respeito sua opinião mais respeite nosso projeto que cuida hoje de 300, crianças entre meninos e meninas em Morro do chapéu